Como Gerenciar o FAP 2021 na sua empresa?

FAP Fator Acidentário de Prevenção

O que é FAP?

O Fator Acidentário de Prevenção é um índice aplicado sobre a contribuição do nível de acidentes de trabalho ocorrido por um determinado período.

O desempenho da instituição é definido com base nessa análise, que varia entre (0,5000) a (2,0000) sobre a alíquota do Riscos Ambientais do Trabalho – RAT.

A cultura de promoção da saúde e prevenção de acidentes e doenças do trabalho ainda está em desenvolvimento no Brasil. Apesar dos notórios avanços em termos legais e da criação de políticas públicas estruturadas em diretrizes humanitárias de vanguarda, o engajamento das empresas nesta causa ainda é incipiente.

O investimento em saúde e segurança do trabalho é, por muitos, percebido como custo direto para as empresas, uma vez que o retorno não é facilmente mensurável.

A proposta de uma gestão estratégica do FAP (Fator Acidentário de Prevenção), por sua vez, está baseada na lógica do ônus-bônus, que parte do pressuposto de complementaridade virtuosa entre as forças do capital (econômica) e do trabalho (ser humano).

Nessa perspectiva, o ganho financeiro na redução direta da tributação previdenciária é concomitante à diminuição de acidentes e doenças do trabalho.

Alguns objetivos de nosso trabalho:

  • Reduzir prejuízos com ações trabalhistas;
  • Reduzir risco de pedidos de equiparação salarial;
  • Reduzir risco de custos diretos e indiretos com acidentes e doenças;
  • Resguardar empresa de custo excedente de tributos sobre a folha (FAP);
  • Resguardar empresa de custos com financiamento de aposentadorias (FACET);
  • Reduzir risco de custos por autos de infração por questões previdenciárias (PPPs, CATs, LTCAT);
  • Redução de perdas por absenteísmo;
  • Redução de custos com EPIs e exames superdimensionados;
  • Redução de custo com eventuais adicionais excedentes;
    Reportar à empresa existência de possíveis passivos trabalhistas e tributários para análise e tomada de decisão;

Nestes objetivos temos ações e resultados perceptíveis em curto, médio e longo prazo, e a velocidade das adequações depende de uma série de variáveis, mas buscaremos sempre o melhor resultado possível otimizando os recursos humanos, estruturais, financeiros e administrativos disponíveis.

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.